terça-feira, 22 de junho de 2010

Omelete simples de carne moída

Nem todos que vão ler esse texto me conhecem. Então eu vou ser bem sincera e avisar que sou um verdadeiro desastre na cozinha. Não, não é modéstia, é a mais pura verdade. Mas, algumas coisas que eu arrisco fazer dão certo (lá na quarta tentativa, mas tudo bem).

Como Raphael abriu o espaço pra quem quiser escrever aqui, resolvi contribuir com minha receita (com dicas para os desastrados como eu) de uma omelete simples com recheio de carne moída.
Vamos lá.

Ingredientes:
4 ovos
Carne Moída
3 dentes de alho
Salsinha
Pimenta do Reino
Sal
Manteiga

Primeiro, prepare o recheio. Corte os dentes de alho bem pequenininhos, frite em um pouco de azeite até dourar. Depois, junte a carne moída e mexa até sair o avermelhado da carne. Nesse processo, naturalmente vai sair um pouco água da carne, deixe até secar. O gostinho da carne vai ficar ótimo, bem saboroso. Alho é um presente dos deuses pra quem não sabe cozinhar muito.

Agora, bata os ovos. Se tiver uma batedeira, não tem problema bater tudo de vez. Mas se não, aconselho bater primeiro as claras e depois as gemas. Apesar de serem dois processos, é mais rápido para ficar cremoso. Caso contrário, reserve a força nos braços se não tiver o hábito de bater ovos.

Batidos os ovos, junte a salsinha picada, pimenta do reino e sal a gostos.
Use uma frigideira não muito rasa. Você vai precisar de espaço para desgrudar a borda da omelete.
Meia colher de chá de manteiga na frigideira e quando derreter jogue os ovos batidos. O fogo deve estar sempre baixo.
Atenção nessa hora: o sucesso da omelete depende de quanto você joga na frigideira. Se colocar muito, a omelete fica grossa e se colocar muito pouco fica sem “espaço” pro recheio.
Coloque o recheio (carne) logo em seguida, delicadamente (omelete exige sensibilidade).
Com uma espátula de plástico, vai desgrudando as bordas. Cuidado para não quebrar a omelete.

Antes de virar, pode até colocar mais um pouquinho da mistura dos ovos em cima. Levante um pouco da omelete para ver se ela já está dourada, se estiver, use a espátula para virar. Deixe fritar e pronto!

É muito importante deixar o fogo no mínimo, se não a borda queima e o “ovo” não frita.

- Dependendo do tamanho da frigideira, a receita dá pra umas quatro omeletes.

Façam, fica uma delícia!
Um abraço,

Michele do Carmo | @carmomichele

Um comentário:

Aline Mororó disse...

Michele, vc tinha que postar aquele negócio com banana e brocolis. Totalmente diferente!